domingo, 22 de julho de 2007

A volta dos que não foram...












Antes tarde do que nunca! To voltando pra tirar o mofo dessa bodega e dar mais gás nesse blog! O foda é quando você quer inovar muito nas suas ilustras e não sabe ao certo qual o melhor tratamento pra cada trabalho em específico e fica empurrando com a barriga vários desenhos na sua gaveta. Tenho discutido com amigos sobre várias idéias que considero interessantes para o acabamento e pedido ajuda a alguns sobre como melhor aplica-los. Sei que leva um tempinho até pra quem está começando a ter mais gostinho da coisa como eu, porém isso não é desculpa para atrasar tanto assim.

Bom mas relaxem, porquê nessa semana o Mishirika volta com tudo, e espero que com menor intervalo entre as postagens. E até sexta que vem o cabeçalho desta cítrica vai finalmente ilustrar a página (ou pensam que esqueci?).

Okay, vamos ao que interessa e começar a por a coisa em dia:

MISHIRIKA EM CENA : Transformers

















Marmanjos barbudos e estressados de seus quase 30 como eu, ouçam o que vos digo: Assistam Transformers, relaxem essas carcaças e voltem a ser criança em 120 min de pura SESSÃO DA TARDE!!!

Tio Spielberg não é besta. Contrariando a idéia de muitos estúdios que não apostam suas fichas em seriados infantis já obsoletos por considerá-los um tiro no pé, o barbudo de boné enxerga simplesmente o óbvio: A gurizada que assistiu série dos robôs da Hasbro* 20 anos atrás, hoje está bem grandinha e com bala na agulha não só pra assistir, como também comprar qualquer produto derivado deste. E junto dessa galera, um reforço extra: seus filhos.

Bastou apenas fazer uma propaganda bem simples e direta pra que ela se repercutisse em efeito cascata assim como o flagra dos assessores do Lula em relação ao acidente da TAM, para então lotar as salas do mundo todo em pouquíssimo tempo.

Mas pra que tudo isso se tornasse realmente viável, a Dreamworks acertou em cheio ao dar as chaves da casa para que Michael Bay (perito em blockbusters que envolva combates bélicos) desse o tom certo ao filme.

Os filmes mais recentes de sua carreira, como Pearl Harbor e Armageddon (mesmo ambos sendo um bom saco de bosta), mostram que o cara opta por não filmar sempre dentro de sets, abusando de ambientes bem espaçosos como também tem ótimos contatos dentro das Forças Armadas norte-americanas, o que garantiu cenas de combates frenéticos dando um gostinho a mais no bom e velho arranca-rabo entre Autobots e Decepticons. Fazia tempo que não via tanta parafernália militar dando as caras na telona.Resumindo: Michael Bay dessa vez não tentou ser sério e o resultado foi ótimo!

Apesar de ter sempre um zé roela fã da série que reclame da caracterização dos personagens, como o fato do Bumblebee ter virado um puta GM Camaro ao invés de um fusquinha amarelo (no original) ,o filme no geral faz jus a história.

Basicamente a película conta a história de uma raça de aliens não-orgânicos que travam uma batalha milenar cujo o embate final será aqui na Terra. Besta não? Mas assim que é bom !

E com vocês os Transformers:

Autobots (mocinhos): Optimus Prime (conhecido pela galera aqui como Líder Optimus), Bumblebee (o mais carismático),Ratchet, Ironhide e Jazz (que passou do clássico roqueiro headbanger a Snoop Dog como perfil básico...fazer o que...) ainda transmitem a essência dos heróis metálicos.

O mesmo vale para os vilões Decepticons liderados pelo tirânico Megatron, mesmo que este ao passar dos anos, tenha sofrido várias versões robóticas.

Starscream continua com o ar de verme traiçoeiro típico da série, e os demais inimigos como Bonecrusher, Scorponok, Frenzy, Barricade e o hilário robozinho Blackout, não deixam a desejar de forma alguma!

Shia LeBouf interpeta o protagonista Sam Witwicky, simplesmente dá um show na tela, dando uma idéia muito interessante a respeito desta personagem que não era lá grandes coisas no original. O cara praticamente é uma mistura de Kevin Spacey com John Cussack (saca só os cornos dele no filme).

E pra alegria dos cuecas... Megan Fox ou Mega Foxy ,a "irmã" mais gostosa da Jennifer Connely, interpreta a popular Mikaela (personagem inventada para o filme), pede pra que se leve um babador como acessório básico.
Puta merda , aquela barriguinha é simplesmente hipnótica. Fora o resto dela né hehehehe

Resumindo cambada: Transformers é fodaralho pra cadinho por três motivos básicos: Roteiro simples e bem amarradinho, humor bem dosado e muita sucata com óleo voando pelos ares!

Afinal tu espera o que de um filme com um bando de robôs que viram um monte de treco, mané?!!

Autobots! Transform and Roll out !!!


(* Hasbro: empresa de brinquedos norte-americana que detém a patente da série. No Brasil os bonecos Transformers eram vendidos sob a licença da Cia. Estrela na déc. de 80. )


10 comentários:

mix disse...

Quero muito ver esse filme!!!!! ainda acho a mecanica desses robozinhos mt bem feita!!

Fernando disse...

pois é, sabe que Megan Foxy é minha futura esposa né?

ByVJ disse...

CACETE... esse filme vai ser do cacete a 4 estrapulado ao cubo!!!! soh o trailer co o inicio da musica do linkin park(q nem sou mto fão) jah eh foda... bem... tb achei o trailer do piratas 3 foda de mais e o filme teve um roteiro q acabou com a graça do original...(simples e facil de entender)...
na maioria... os trailers são mto bons... por isso q sou a favor de ter mais trailers... rs...
PS: Verei amanhã o Transformers!

Maria - PUC disse...

Bem, achei que o filme foi na medida. Simples, mas sabendo como prender a atenção dos fãs da série.Porém, talvez porque sou mulher, (os marmanjos de plantão que me perdoem), acho que a necessidade de colocar uma garota de mini saia,barriga de fora e que acaba sendo parzinho romântico do mocinho, muito sem originalidade. É de dar náuseas. E de repente, como por milagre, a lindeza ainda entende de carros! Que perfeição! Só faltava ela ou ser loira ou virar robô também, mas quem sabe a segunda opção seria mais emocionante.rs...

Paulo disse...

Por mais defeitos que o roteiro e o Michael Bay tenham... o filme é de fazer qualquer crianaça anos 80 chorar, principalmente na cena em que Sam conhece os Autobots.

Optimus Prime forever!

Seguinte Gustavo.... tu tem msn, não tem? Me adiciona: antunes_rj@hotmail.com

Fabs disse...

É...to admirada não com o filme...mas com sua animação falando sobre ele.Quase vejo um menininho eufórico e nervoso pulando em cima de mim e puxando a barra da minha blusa p eu prestar atenção na história do filme q ele ta contando!!!Bonitinho isso!rsrsrrsrsrrsrsrsrsrrsrsrs
Não fica triste comigo, mas é pq esse não é o tipo de filme q mais gosto...tenho q admitir...sou piegas e gosto de filmes mamão com açúcar!hahahhhahahahahahhahahahhahahhahahahahhahahahha
Posso analisar comentário de outra forma??(vc deve tá pensando lá vem a prof chata de letras...hahahahhaha)É isso merrrrrrrrrrrrrrrrrrrmo..lá vem a prof de letras..rsrs
Fico impressionada com o seu jeito de escrever...é dinâmico, acho q por isso q dá a idéia de uma pessoa contando um fato mesmo..bom ler coisas assim!
Bem...por hj é só!!!!
Espero mais e mais coisas p eu poder comentar aqui!!!!
Bjão!

Gustavo Rodrigues disse...

Po valeu. Mas num to com essa bola toda não. Sou só hiperativo mesmo hehehe. Beijão. valeu pelo comentário :)

Daniel disse...

Tem tiro, explosões, tanques, aviões, robôs e Megan Fox! Quer mais o que? Filme despretencioso do estilo "você veio ver isso então é isso que você vai ver". Ponto. Não desafia nossa inteligência nem nossa ignorância. Simples, clássico, divertido, clichê. Pinta tudo de ouro no CG. Lindo! Vou levar e estou feliz.
P.S.: Ah! Que pena... A Volks não permitiu o fusquinha né? Não faz mal, a gente coloca ele no filme mesmo assim... Apanhando do Camaro SS.
P.S.': Megan Fox... Camaro Concept... (drop... drop...)

Fernando disse...

fodaralho pra cadinho??

vamos com calma!
tudo bem que a megan é minha noiva, que o bumblebee é O carro e a cena dele ajustando o rádio é ótima.
Efeitos especiais top.

agora robo fazendo xixi na cabeça do guarda?

Peraí!!
Dos BlockBusters do ano perde até pro Jack Sparrow...

flavio disse...

é rapaz... transformers é o que há... gostei da adaptação, mesmo assistindo uma versão "baixada" pra economizar uns cascalhos... =P